Saiba o que é agronegócio e sua importância para economia brasileira

O agronegócio possui um papel importantíssimo na retomada da economia nacional, pois representa mais de 20% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. Segundo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em 2018 o segmento deverá crescer 3,4%, impulsionado pela retomada da atividade da agroindústria.

Essa é uma boa notícia para economia, para os profissionais da área e para estudantes que estão ingressando neste mercado. Com esses índices de crescimento, o mercado de trabalho no agronegócio vai demandar mais profissionais qualificados. Acompanhe este post e entenda um pouco mais este mercado.  

Entenda o agronegócio

Chamamos de agronegócio toda a relação comercial que envolve a cadeia produtiva agrícola e pecuária. Também chamado de “agribusiness”, o setor é dividido em três partes, sendo a primeira denominada  “pré-porteira”, representados pela indústria e comércio que fornecem insumos para produção rural.

Já na segunda fase estão os negócios agropecuários ou de “dentro da porteira” que são os produtos rurais. Na terceira fase encontramos com o “pós-porteira” relacionados à compra, transporte, beneficiamento e venda dos produtos agropecuários.

Importância econômica

Como já citado anteriormente, o setor de Agronegócio é extremamente importante para a economia. Além de representar 20% do PIB ele ainda emprega cerca 30% da população economicamente ativa do país. O solo fértil e o clima favorável  faz com que o Brasil tenha uma capacidade enorme de produção. O país possui aproximadamente 400 milhões de hectares, sendo que boa parte ainda não é explorada.

Mercado de trabalho no setor

O mercado de trabalho para o profissional formado em agronegócio é bastante amplo. Dentre os campos de atuação em destaque podemos citar:

  • Administração Rural: Este profissional é responsável por coordenar, planejar e organizar propriedades rurais, realizando a gestão de pessoas, controle contábil, de fornecedores e de clientes.
  • Consultoria: Realiza a prestação de assessorias a órgãos públicos e privados na área de gestão do agronegócio. Auxilia seus clientes na definição de estratégias de produção e estudos de aproveitamento do solo;
  • Cultivo e produção: Nesta função o profissional é responsável por cuidar de plantações e do manejo de animais em fazendas;
  • Planejamento de produção: Aqui o agrônomo é responsável por definir os tipos de plantação e como ela será cultivado, bem como realizar a definição de custos e do preço final do produto;
  • Vendas: É responsável pela negociação e venda de equipamentos e insumos ao setor agropecuário.

Formação e especialização

Diante da importância do Agronegócio para o desenvolvimento do país, o Interclasse desenvolveu a Pós-graduação em Gestão de Agroindústria e Agronegócio que tem por objetivo desenvolver habilidades que permitam ao aluno administrar projetos e programas voltados para o desenvolvimento econômico e tecnológico da agroindústria e agronegócios tendo em vista a preservação ambiental e a inclusão social. O curso é ofertado na modalidade a distância, e tem duração de 18 meses, podendo ser concluído em até 6 meses dependendo da dedicação do aluno.

agronegócio